Nossa Senhora Aparecida

Em dia especial, embora, todos sejam! Escolhi este a retornar…

Teu olhar Meu olhar

Tornei meus olhos para trás, porém, nada me trouxe. Hoje quando olho para ambos os lados não me vejo. Todavia, lembrei do porque dessa questão… Entreguei-me a Fé, afastando-me da solidão.

Quando me encontrei com ela vi o caminho do avesso. Passei a recompô-lo através de atitudes a pintura, canto e poesia. O sol em si passou a raiar e as brechas em branco preencher.

A luz transpassa muralhas a redemoinhos curando corações afogados. Em meu interior tudo passou a conter após apagar feridas ocultas até por mim.

Meus passos que temiam caminhar encorajaram-se e escolheu meu destino. Paz, amor, felicidade incomensurável a banhar minhas raízes carecidas de chuva. A jornada acontece quanto menos se espera, surpreendentemente, semeios em jardins.

Vozes de anjos rodeiam pessoas a passar e outras que tomam permanência. Todas as passagens em nosso caminho têm seu objetivo… E aquelas com as quais nos relacionamos têm um grande propósito em essência a nós.

Um segundo pode parecer insignificante para muitos… Porém, ninguém imagina o quão este fará sentido no breve futuro. Eu e todos que passam por aqui temos semelhanças à sede de beber e da Vida viver. Confesso que sou apaixonado pela vida e, acredito que todos em algum canto do coração também são embora, muitos não gostem que esta transpareça.

Em união onde todos clamam com fervor o nome DELE o mesmo responde em presença EU SOU e abençoa a todos que ali em casa Tua o homenageiam junto a Mãe. Ali consigo ver claramente que não existe nada mais de mim, pois, quando todos rogam em uma única voz o nome de Deus, todos ali tornamo-nos um, Filho!

 

 

Compartilhar artigo: