Comandante

Não tema nada, acredite Sempre que VOCÊ É CAPAZ. ÉS O COMANDANTE DO SEU PRÓPRIO NAVIO!

 

Dentre idas e vindas versos nobres surgiram afastou tudo o que poderia ter de mal em um habitat. Contados um, dois, três… A corte não precisava mais medir esforços ou palavras para soprar ao vento. Os tempos gradativamente iam mudando estrofes não precisavam mais se ocultar diante refrões perplexos. Conseguiram a liberdade de expressão, conquistaram a simplicidade e a independência do EU. “EU SOU, EU QUERO, LOGO, CONSIGO!”, mesmo que seja um jargão da língua de muitos, este é o conforto daqueles que ao ouvir ou ainda conseguir pronunciar é o refúgio, o consolo, a graça daqueles que descobriram o Céu pela primeira vez. Não julguemos então os majestosos olhares que contemplam o Céu, majestosamente!

Compartilhar artigo: